Pesquisar

Paralisação da aduana repercute na mídia internacional

Em 14 de agosto, trabalhadores aduaneiros da Argentina, Brasil, Equador e Paraguai realizarão uma paralisação de suas atividades, mobilização a qual também aderiu o Chile. Os aduaneiros de todos estes países exigem uma série de melhorias nas condições de trabalho e solução de problemas que os afeta de maneira transversal em todo continente. Para analisar os detalhes dessa paralisação, foi entrevistado pela CNN Chile o vice-presidente da Asociación de Funcionarios de Aduanas, Jorge Thibaut.

 

 

Thibaut explicou que apesar das novas tecnologias incorporadas ao trabalho aduaneiro, tão somente 5% das mercadorias que ingressam no Chile são vistoriadas. "Quando se debilita a aduana, o que fazem é colocar em risco a cidadania", manifestou.

Segundo thibaut, em países desenvolvidos são verificadas aproximadamente uns 10% de todas importações aduaneiras,  sendo também importante o exercício do poder de fiscalização de cargas consideradas suspeitas.

A mobilização será das 12 às 14 horas de 14 de agosto em todas as fronteiras do país.

Veja a entrevista na íntegra clicando aqui.

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Vídeos

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Fotos

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Fiança Locatícia

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Classificados