Pesquisar

Assédio moral é tema de palestra para os Auditores-Fiscais de Contagem

    

O assédio moral no ambiente de trabalho e suas consequências para a saúde do trabalhador foi novamente debatido com os filiados da DS BH. Dessa vez, a palestra “Assédio Moral e Saúde no Trabalho”, do psicólogo e jornalista, Arthur Lobato, que integra as atividades de mobilização, foi ministrada para os Auditores-Fiscais na DRF-Contagem. Participaram do evento cerca de 20 filiados.

 

Segundo Lobato, o assédio moral é um “mal invisível” nas organizações, que causa impactos negativos sobre a saúde do trabalhador e traz prejuízos à própria instituição. Esse tipo de assédio normalmente é sentido pelos trabalhadores por meio de cobranças excessivas de metas, humilhações, injustiças, violência moral, dentre outras práticas que ferem sua autoestima e dignidade.

As consequências mais frequentes percebidas nas vítimas de assédio moral são, segundo o palestrante, são: síndrome do pânico, depressão, tristeza, desânimo, vontade de chorar frequente, uso de medicamentos antidepressivos, absenteísmo (falta constante no trabalho), presenteísmo (presença excessiva no trabalho por medo de perdê-lo), stress, insônia, ansiedade, esgotamento físico e psíquico, cansaço, queda da produtividade, falta de motivação, podendo chegar até mesmo ao suicídio. As vítimas, muitas vezes, também desenvolvem sede de vingança contra os assediadores.

Em relação ao serviço público, Lobato informou que a série de atos maliciosos diagnosticada como assédio moral leva o servidor à incapacidade laboral, fazendo com que o mesmo fique isolado e necessite de licenças médicas. Segundo ele, atualmente 80% das licenças médicas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) são motivadas por depressão. “O servidor deve pleitear um novo modelo organizacional, que não adoeça o trabalhador e o deixe incapacitado, e é função do sindicato atuar junto a ele nesse momento”, afirmou.

Na análise do palestrante, somente através da organização sindical é que os trabalhadores terão condições de reivindicar melhores condições de trabalho e interferir no ambiente e na cultura organizacional da instituição.

Arthur Lobato já proferiu palestra semelhante em Confins no dia 9 de maio, e na última sexta-feira, 6 de julho, na DRF-BH. A Diretoria Executiva da DS BH foi representada no evento pelo diretor de Defesa Profissional, Alfredo Luiz Nunes Menezes.

 

Assessoria de Comunicação DS BH Sindifisco Nacional

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Vídeos

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Fotos

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Fiança Locatícia

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Classificados