Pesquisar

Auditores de Sete Lagoas e Contagem votam indicativos da Plenária Nacional

A Assembleia Nacional Extraordinária realizada nessa quinta-feira, 12 de julho, em Contagem e Sete Lagoas, deu continuidade às discussões sobre os indicativos referentes às propostas aprovadas na Plenária Nacional ocorrida dias 26 e 27 de junho, em São Paulo. A assembleia em Sete Lagoas foi conduzida pelo diretor de Comunicação da DS BH, Maurício Godinho, e em Contagem pelo diretor de Defesa Profissional, Alfredo Luiz Nunes Menezes.

Sete Lagoas - Segundo informações de Godinho, os Auditores-Fiscais da DRF-Sete Lagoas reafirmaram o posicionamento dos filiados de Belo Horizonte no que tange à não radicalização do movimento de imediato. Eles consideram que nos moldes atuais de mobilização dentro da repartição e com assinatura de ponto a categoria obteve um reflexo bastante positivo até o momento. Em curto espaço de tempo, o movimento conquistou espaço considerável de divulgação na mídia, o que merece destaque. Não há condições, no momento, para uma possível radicalização, mas a indignação é cada vez maior.

 

Os indicativos considerados polêmicos entre os Auditores-Fiscais de Belo Horizonte também foram objeto de avaliação dos filiados de Sete Lagoas.

Em relação ao indicativo 3, que dispõe sobre a recomposição do Fundo de Corte de Ponto, com contribuição específica pelos filiados, os Auditores-Fiscais de Sete Lagoas foram favoráveis à proposta, pois acreditam que a ausência de recursos inviabilizaria a consolidação do movimento. No entanto, eles também consideram importante a devolução dos recursos caso não sejam utilizados.

Sobre o indicativo 5, que propõe o remanejamento dos recursos do Fundo de Greve da “FENAFISP”, para o Fundo de Corte de Ponto, apesar de polêmica, a proposta foi aprovada pela grande maioria dos Auditores-Fiscais presentes.

O indicativo 11 que define como prioridade na Campanha Salarial e Pauta permanente da categoria, a solução para uma distribuição mais justa e equânime da tabela remuneratória da carreira dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil, foi fortemente debatido em Sete Lagoas. Os Auditores foram contrários à proposta. Eles entendem que a solução do problema não se dará com a criação de mais um fosso.

Destaque para a presença na assembleia do diretor de Assuntos Jurídicos da DS Juiz de Fora, Marcus Vinícius Dadalti Barroso.

Contagem – Na DRF-Contagem a assembleia transcorreu sem grandes polêmicas. A declaração de voto foi aprovada por unanimidade entre os presentes.

O resultado consolidado da Assembleia na DS BH será divulgado posteriormente.

 

Assessoria de Comunicação DS BH Sindifisco Nacional

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Vídeos

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Fotos

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Fiança Locatícia

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Classificados