Pesquisar

Auditores-Fiscais repudiam Decreto 7.777 por unanimidade em Assembleia histórica

 200 Auditores-Fiscais participaram da Assembleia em BH

               

A Assembleia Nacional Extraordinária realizada nesta quarta-feira, 1º de agosto, contou com a participação expressiva de 200 Auditores-Fiscais, indignados com a edição do decreto 7.777/12 e da portaria MF 260/12. Com o auditório da DRF-BH lotado e alguns filiados em pé, os Auditores-Fiscais aprovaram por unanimidade o indicativo 1 que repudia as normas editadas pelo governo federal.

 

            

 O presidente da DS BH, Luiz Sérgio Fonseca Soares, transmitiu os informes sobre a campanha salarial e analisou a atual conjuntura política. Ele relatou a produtiva reunião com as entidades de servidores públicos federais e estaduais, ocorrida na semana passada, que resultou na elaboração de moção de repúdio do decreto 7.777/12 das entidades e na criação da frente mineira de defesa do serviço público brasileiro.

Apesar da indignação de todos os Auditores-Fiscais com a edição do decreto, Luiz Sérgio defendeu a continuidade do movimento nos moldes atuais, esclarecendo que a categoria ainda não está preparada para um enfrentamento maior com o governo, com início de paralisação fora da repartição e sem assinatura de ponto. Para ele, no entanto, é importante a permanência da categoria no movimento e em estado de mobilização, lutando pela reposição das perdas inflacionárias, por melhores condições de trabalho e pela defesa da Aduana brasileira. A categoria votou contrariamente ao indicativo 2, que dispõe sobre paralisação fora da repartição por tempo indeterminado a partir de 8 de agosto.

Ainda em relação à campanha salarial, o presidente da DS BH solicitou a assinatura dos filiados no abaixo-assinado no qual a categoria se compromete a não aceitar nenhum cargo ou função de chefia na Receita Federal do Brasil, em especial os decorrentes de exoneração de Auditores em repúdio às normas editadas pelo governo federal. Luiz Sérgio ressaltou que está disponível para os Auditores-Fiscais ocupantes de cargos de chefia o documento para entrega das respectivas funções na Receita Federal do Brasil.

O diretor de Assuntos Parlamentares do Sindifisco Nacional, João Santos, informou que até o momento não houve nenhuma sinalização do governo quanto ao envio de contraproposta de negociação com a categoria. Ele também falou sobre o ato público marcado para o próximo dia 8, em Brasília, que será realizado em conjunto com demais entidades de servidores públicos federais.

A Assembleia desta quarta-feira realizada em Belo Horizonte, Confins e Betim também apreciou a pauta da próxima reunião do Conselho de Delegados Sindicais que ocorrerá nos dias 7 a 10 de agosto. Nesta quinta-feira, 2, haverá Assembleia em Contagem e Sete Lagoas. O resultado final da votação na DS BH será divulgado posteriormente.

 

Assessoria de Comunicação DS BH Sindifisco Nacional

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Vídeos

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Fotos

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Fiança Locatícia

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Classificados