Pesquisar

Delegados iniciam apreciação de propostas da Plenária Nacional

         

No início da noite de terça-feira, 16, os delegados iniciaram a discussão das propostas elaboradas e apresentadas durante o período de análise de conjuntura e os informes da DEN, do Comando Nacional de Mobilização e das Delegacias Sindicais.

Durante os informes, o presidente do Sindifisco Nacional, Pedro Delarue, adiantou que se reunirá na tarde desta quarta-feira, 17, com o secretário de Relações de Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, para tratar mais uma vez da questão do corte de ponto relativo à greve de 2008.

 

        

Nesta reunião Delarue reforçará a necessidade da adequação da rubrica de falta por greve, uma vez que os filiados com tempo de serviço suficiente para requisição de aposentadoria, remoção, licença capacitação e até mesmo o pagamento do abono de permanência, ainda estão sendo prejudicados, apesar de já haver decisão judicial de excluir os registros de faltas dos assentamentos funcionais.

Ainda na tarde de ontem, 16, foi analisada a primeira proposta que tratava da continuidade da operação crédito zero na forma atual, que foi ratificada pela maioria dos delegados eleitos. Outra proposta que previa uma consulta às bases sobre a suspensão do movimento foi considerada prejudicada. A proposta aprovada, bem como todas as demais deliberações da Plenária Nacional serão encaminhadas à próxima Assembleia Nacional.

Todas as demais propostas apresentadas ficaram para esta quarta-feira, 17. Depois de concluídos os trabalhos, os componentes da mesa sistematizaram as mais de 90 propostas em blocos para viabilizar o andamento mais racional e célere dos trabalhos no dia de hoje.

Segundo o presidente da Mesa Diretora da Plenária, Luiz Sérgio Fonseca Soares, as propostas referentes à campanha salarial serão tratadas prioritariamente. As que tratam de remuneração e a possibilidade de implementação de uma parcela extra ao subsídio serão tratadas em um segundo momento, dado que já está sob análise de um grupo constituído no CDS e pendente de um parecer jurídico sobre o tema.

Entrega de cargos de chefia - Como as propostas sobre campanha salarial têm prioridade, na manhã desta quarta-feira, 17, os delegados passaram à análise da proposta que visa à entrega efetiva dos cargos de chefia, organizada nacionalmente pela DEN.

No entendimento da DEN, a entrega efetiva dos cargos não deve ser feita neste momento, sem que haja sequer negociação aberta com o governo. Mas a categoria deve se preparar para fazê-la no momento oportuno, considerando que o movimento deverá se estender até o mês de março do próximo ano.

Após os debates sobre o tema, foi levada à votação do plenário a proposta de que a DEN organize nacionalmente a entrega de cargos, fazendo levantamento junto às Delegacias Sindicais dos Auditores-Fiscais que estão de fato dispostos a entregarem efetivamente seus cargos de chefia em solidariedade ao movimento da categoria.

A entrega seria marcada para fevereiro de 2013, em data a ser definida nacionalmente. A proposta foi aprovada pelos delegados e ficou acertado que quando houver um número expressivo de chefes dispostos a protocolar administrativamente o pedido de exoneração, o fato será amplamente divulgado.

Apesar de concordarem com a decisão da maioria em plenário, muitos delegados almejavam a entrega imediata dos cargos de chefia, com o objetivo de voltar a criar fatos que incomodassem e preocupassem o governo.

Também foram deliberadas e encaminhadas como recomendação para o Comando Nacional de Mobilização e à DEN, propostas relativas a ações para a continuidade do movimento de mobilização que impactam na atividade aduaneira e no gerenciamento da meta fiscal.

Além de recomendações que sugerem a realização de novas paralisações, maior efetividade na divulgação das atividades em prol da Campanha Salarial, bem como o envio para os filiados da cartilha com informações técnicas sobre o movimento, produzida pelo CNM.

Entre as recomendações está a que propõe o não desembaraço na zona primária em um dia na semana e a manutenção da operação padrão nos demais dias. A proposta foi encaminhada como recomendação do CNM, devido às peculiaridades de cada uma das unidades aduaneiras nas diversas regiões do país.

As deliberações acerca das propostas de ações para essa nova fase da mobilização da categoria prosseguem na tarde de hoje. 

Assessoria de Comunicação DS BH Sindifisco Nacional

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Vídeos

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Fotos

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Fiança Locatícia

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Classificados