Pesquisar

Terça, 14 Novembro 2017 12:34

Semana intensa de atividades de mobilização (6 a 10/11): reuniões, Confins e Ato Público do dia 10/11

Depois das reuniões de mobilização na segunda (DRF-BHE) e na terça (SRRF), na quarta-feira (8/11) membros da DS BH e do Comando Local fizeram uma visita a Confins, onde os Auditores Fiscais aduaneiros demonstraram grande engajamento na mobilização. A despeito de estarem sofrendo grande pressão dos despachantes e operadores de comércio exterior, a equipe do Terminal de Cargas está adotando o Desembaraço Zero e a grande maioria dos Auditores do Despacho aderiram à greve. Na próxima sexta (17/11), dois Auditores estarão presentes na reunião de mobilização que será realizada na DRF-BHE, às 9h30, para trazerem o relato do movimento na Aduana.

 

Já na sexta-feira, 10 de novembro, os Auditores Fiscais da DS BH participaram de reunião de mobilização no Ministério da Fazenda, para discutir a conjuntura e os próximos passos da greve, que nas terças, quartas e quintas-feiras é fora da repartição e sem assinatura de ponto. O presidente da DS BH, Gabriel Corrêa, trouxe informes sobre as últimas reuniões ocorridas na DRF-BHE e em Confins, onde surgiram algumas iniciativas a serem encaminhadas ao Comando Nacional de mobilização. Dentre as propostas que foram encaminhadas ao CNM estão a de utilização de resposta automática no Notes como “ausência de escritório em virtude de greve”; o acompanhamento da agenda dos ministros do Planejamento e da Fazenda para a realização de manifestações nos aeroportos onde eles passarem e a organização de caravana a Brasília com realização de atos públicos em frente ao Ministério do Planejamento.

 

Por fim, após a reunião no Ministério da Fazenda, a DS BH e Frente Mineira participam de mais um ato público na Praça Sete, em defesa dos trabalhadores, servidores públicos, aposentados e pensionistas, percorrendo ruas do Centro da capital. O ato integrou as atividades do Dia Nacional de Lutas, convocado pela Frente Mineira em Defesa da Previdência Social em parceria com centrais sindicais. A manifestação reuniu trabalhadores de diversas categorias para protestar contra as medidas do governo que retiram direitos dos trabalhadores, dentre elas a Reforma Trabalhista, que entrou em vigor no sábado (11); a Reforma da Previdência; e a Medida Provisória nº 805/2017, que cancela reajustes salariais dos servidores públicos e aumenta a contribuição previdenciária dos servidores ativos, aposentados e dos pensionistas de 11% para 14%.

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Vídeos

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Fotos

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Fiança Locatícia

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com
  • Classificados